{{'2019-06-17'| date:'longDate'}} O autoconhecimento encontrou o esporte ou o esporte encontrou o autoconhecimento?

foto

As vezes me pergunto isso... quem veio primeiro? O esporte ou o autoconhecimento? Tecnicamente, comecei a correr em 2008 e o autoconhecimento começou em 2010 depois da primeira maratona. O esporte veio como a opção para mudar uma vida sedentária, doente e sem propósito. O autoconhecimento veio com o propósito, o entendimento, o questionamento. Isso significa que o esporte veio antes? Acho que não. A vida como estava antes do esporte já não cabia mais em mim, já não me satisfazia e entendo que isso é a realidade de muitas pessoas, vidas que não nos satisfazem. Esse questionamento traz o autoconhecimento disfarçado de incômodo, de desejo de mudar, e é uma ponta sim, eu sei, como o iceberg. Mas é um começo. É preciso coragem para enfrentar estes incômodos. Até onde consegui seguir sem o autoconhecimento eu fui, mas chegou num ponto que descobri que podia muito mais e que estava limitado, que isso só dependia de mim (maratona). Para vocês terem uma ideia terminei minha primeira maratona e fumei dois cigarros... incoerência total. Sofrimento disfarçado de prazer, mas para se dar conta disso é preciso o auto conhecimento. Acho que os dois sempre andaram lado a lado, protagonistas e coadjuvantes, revezando os papéis. O autoconhecimento me levou por caminhos diferentes, reforçou a importância do esporte para mim, num reforço diário, inquestionável. Eu diria que ele forjou minha disciplina, minha persistência. Ao ponto de pensar e afirmar que a atividade física é opcional até que se pense que ela é opcional. Ela é compulsória. É como respirar, é hormônio, sangue circulando na veia, é energia vital. Quem pode viver sem? Muitas vezes me vi querendo não ir, querendo deixar para depois e ao mesmo tempo me questionava: Por que isso? Quem está no controle? Foi o mesmo com o cigarro! Foi o mesmo com a dificuldade em dizer não. Se eu não consigo decidir por fazer algo que me faz bem, quem irá tomar esta decisão por mim? E foram assim meses, anos, meias maratonas, maratonas, ultra maratonas, e hoje ainda vejo a mesma voz com as mesmas perguntas: Por que não depois? Por que você está fazendo isso? Só que hoje essa voz já não me controla mais. Ela ainda está lá, só que hoje existe uma visão de propósito maior que não me deixa desanimar, desistir. É só uma voz, entre outras vozes. Aí tem o ouro do autoconhecimento, perceber sua mente manhosa, sua lesma interior, seu cavalo sem rédeas pensando desvairadamente milhares de coisas diferentes, negativas, julgando, criticando, separando... e esse entendimento é fiel, uma vez que se incorpora ele, ele segue contigo como um aliado, te mostrando suas fraquezas, suas fortalezas, tuas dúvidas, suas boas e más certezas... já aviso. Entender o que passa na sua mente é uma caminho árduo, doloroso e extremamente gratificante. Com ele, mudei minhas relações comigo e com os outros, mudei meus valores, mudei minha rotina. E aí acho que ele encontrou o esporte. O esporte foi a válvula propulsora do meu caminho de autoconhecimento, e isso não quer dizer que vai ser o seu. Só estou contando minha história. Quando ele encontrou o esporte ele me trouxe a paz. Esportes para mim virou paz. Comigo. Paz que ninguém nem nenhuma situação me tira. Esses são insignts que queria deixar para vocês refletirem. Esporte, autoconhecimento, paz, disciplina, persistência, entendimento, propósito, mente, pensamentos e vida. Abraços!


foto por Shilmar Thiago Rocha
Engenheiro de Produção, mestre em Planejamento. Doutorando em Estudos Sociais. Gerente de Planejamento e Logística em empresa multinacional. Professor de Pós Graduação. Instrutor, Treinador, Produtor e Palestrante da Escola Free Mind da Organização Internacional Cóndor Blanco. Corredor maratonista e ultra-maratonista.



Comentários...

foto
{{c.nome}} {{c.data| date:'short'}} {{c.conteudo}}


Faça um comentário...

Obrigado, {{contato.nome}}!
Seu comentário foi enviado.




Thank you for registering!

CLICK TO SEE
THE EBOOK



Enter your e-mail to access for free the ebook MUDE SUA MENTE, MUDE SUA VIDA

{{errors.newsletterEmail.message}}



Filtrando resultados por: {{config.query}} Nenhum resultado encontrado!

Continue escrevendo para começar a filtrar